Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no email

Selo de Reconhecimento Público para Empresas que Aderirem ao Sistema de Logística Reversa

Esta ação visa reconhecer, através da emissão de selo de reconhecimento público a ser fornecido pelo órgão ambiental competente pelo monitoramento e fiscalização do sistema de logística reversa implementado.

O selo seria conferido pelo órgão ambiental responsável em parceria com a entidade gestora do sistema de logística reversa: aos fabricantes, distribuidores, importantes e comerciantes que tenham aderido ao sistema de logística reversa alinhado ao seu segmento de atuação.

Baseada no Sistema Ponto Verde, existente em Portugal, busca um diferencial de mercado, no qual o consumidor final pode escolher dentre as diversas opções de compra, aquele produto que tenha reconhecimento de responsabilidade socioambiental atrelada a participação em algum sistema implementado de logística reversa de resíduos sólidos.

Entendemos que o Selo tem a função de identificar empresas que atuam em conformidade com as leis ambientais vigentes e, que seguem os rigorosos padrões de produção, armazenamento, transporte e reutilização de seus resíduos sólidos. Da mesma forma, os consumidores terão a possibilidade de identificar por meio do selo, aquelas empresas que contribuem para a efetiva redução do impacto ambiental de sua atividade comercial ou industrial.

Cabe a essas empresas que atendam aos critérios a utilizarem o selo em seus produtos, embalagens, catálogos, prospectos comerciais ou publicitários, internet e outros materiais.

Segundo, o Instituto de Defesa do Consumidor (Idec), existem mais de trinta certificadores “verdes” no Brasil. Todavia, essa diversidade de selos pode confundir, devendo o consumidor ficar atento para distinguir entre uma certificação conferida por um organismo independente e os selos autodeclaratórios, que são colocados os produtos pelos próprios fabricantes. Assim, essa situação se torna cada vez mais difícil para o consumidor identificar o que é um produto genuinamente sustentável e de outro encoberto por uma “maquiagem verde”. Em geral, empresas percebem que ao serem identificadas como “verde” ou “sustentável” podem agregar valor para sua marca.

Por fim, o selo de reconhecimento público poderia ser utilizado como instrumento para reconhecer as empresas que estariam aptas e habilitadas a participar dos programas de desoneração tributária.

LINK PONTO VERDE: https://www.pontoverde.pt/links.php

LINK IDEC: https://idec.org.br/

Sempre que tivermos novidades, você receberá no seu email.

Deixe um comentário

Mais Artigos

Receba nosso conteúdo direto no seu email!

Siga me nas Redes Sociais